Recensões críticas

O Aquário | Recensão de Alves Pires, Brotéria, 1963

O Aquário | Recensão, Diário de Lisboa, 25 de julho de 1963

O Dom de Estar Vivo | Recensão de Nuno de Sampayo,  Revista Colóquio, N.º 46, 1968

D. Leonor, rainha maravilhosamente | Recensão de João Gaspar Simões, 1968